Como aconteceu tudo isso?

Olá, seja muito Bem-Vindo ao Trevisan Cidadania Italiana!

Essa área será mais dedicada para realizar publicações semanais. Irei abordar assuntos sobre:

  • Transporte
  • Fixação de Residência
  • Sobre várias cidades e suas particularidades
  • Informações valiosas sobre o reconhecimento da Cidadania Italiana

e também irá ter vídeos, infográficos e muitas coisas ainda estão sendo boladas.

Já nesse primeiro post, quero já contar como surgiu essa ideia de querer reconhecer minha cidadania.

Irei dividir em posts os acontecimentos, até mesmo por que aconteceram muitas coisas (sendo boas e também ruins).

A vontade de querer morar em outro país eu sempre tive, o que eu não sabia é que eu poderia morar na Itália sendo cidadão Italiano. Então no final de 2016 comecei a pesquisar, olha daqui, olha dali e conversando com o meu vô, ele mencionou que meu trisavô era filho de imigrante Italiano, na hora fiquei tipo “beleza, e agora ?”. Para tentar ver se eu descobria mais alguma coisa (alguma história, algum documento, qualquer coisa), fui conversando com o meu vô e ele disse que tinha uma prima que também estava juntando alguns documentos sobre os nossos antepassados.

Até aqui beleza, só que eu tinha algumas dúvidas antes de continuar essas buscas, até mesmo para não ser em vão. Teria alguma vantagem em ter a minha cidadania ou iria ser só por ter e acabou?

Então descobri alguns benefícios, do tipo:

  • Não precisaria ter visto para visitar outros países como: Estados Unidos, Canadá, Japão e muitos outros.
  • A livre circulação por todos os 28 países (contando a Itália) da União Europeia
  • Uma grande vantagem para procurar emprego ou até criar a minha própria empresa

Realmente havia muitas outras vantagens além dessas e realmente peguei firme para ir atrás da minha cidadania 😀

Continue me acompanhando nessa trajetória, mande seu comentário, siga nas redes sociais e compartilhe com mais pessoas.

Até a próxima

Arrivederci   

Sobre o Autor